quinta-feira,11 julho , 2024
Home Brasil Saiba tudo sobre a prova da Ancord para assessor de investimento

Saiba tudo sobre a prova da Ancord para assessor de investimento

por wellingtoncarvalho
0 Comente
saiba-tudo-sobre-a-prova-da-ancord-para-assessor-de-investimento

No Brasil, o assessor de investimento – novo nome do antigo agente autônomo de investimento – precisa ser aprovado em um exame antes de obter o credenciamento necessário para atuar na distribuição de produtos de investimento. Veja a seguir os detalhes desse processo e o melhor caminho para passar na prova.

O trabalho do assessor de investimento é parecido com o de gerente de banco: é um profissional que distribui os produtos das instituições com as quais trabalha. Mas, diferentemente do gerente de banco – que distribui conta corrente, empréstimos, seguros, cartões, previdência, consórcios etc. –, o assessor de investimento concentra sua atuação em aplicações financeiras. Ou seja, é um profissional especializado.

O formato da atividade de assessor de investimento varia. Ele pode atuar por conta própria ou trabalhar para um escritório de assessoria de investimento. Nos dois casos, os assessores podem distribuir produtos de mais de uma instituição: eles atuam como representantes das corretoras, prospectando e captando clientes; recebendo, registrando e transmitindo ordens de compra ou venda de ativos; e prestando informações sobre produtos e serviços da corretora.

Leia também:

  • Assessor de investimentos: o que faz e como se tornar um

Como integra o sistema de distribuição de investimentos, o assessor de investimento deve ter aval do regulador, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) – para trabalhar nessa atividade. É por isso que a certificação é obrigatória: é uma exigência da CVM, que tem como objetivo proteger os investidores e assegurar que sejam atendidos por profissionais habilitados e comprometidos com princípios éticos.

As regras para o exercício da atividade de assessor de investimento estão na Resolução CVM 178/2023.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Leia mais:

  • Novas regras para atuação dos assessores de investimentos entram em vigor; veja mais

A prova de certificação do assessor de investimento está sob a responsabilidade da Associação Nacional da Corretoras e Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários, Câmbio e Mercadorias (Ancord) e é aplicada pela FGV (Fundação Getúlio Vargas). Também cabe à FGV corrigir as provas e divulgar os resultados.

O exame tem como objetivo verificar a qualificação técnica dos interessados no exercício da profissão, e pode ser feito tanto na modalidade online quanto presencialmente. Em junho de 2024, o valor do exame era de R$ 460.

Em um tempo máximo de 2h30, o candidato tem que responder a 80 questões objetivas de múltipla escolha, cada uma com quatro alternativas. Para ser aprovado, é preciso acertar pelo menos 70% das questões (ou 56 acertos).

Adicionalmente, o acerto mínimo para aprovação no exame é de 50% para os seguintes temas do conteúdo:

  • atividade de assessor de investimento;
  • leis e resoluções de combate a crimes financeiros e lavagem de dinheiro; regras de adequação de investimentos ao perfil do cliente;
  • produtos, modalidades operacionais e liquidação no mercado de capitais e no mercado de derivativos.

Saiba mais sobre a prova da Ancord

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

  • Qual conteúdo cai na prova?
  • Quais os requisitos mínimos para fazer a prova?
  • Como realizar o agendamento?
  • Recomendações aos candidatos:
  • É possível apresentar recurso contra alguma questão da prova?
  • Qual é o prazo de validade da habilitação?

Qual conteúdo cai na prova?

O conteúdo da prova é dividido nos seguintes módulos:

Atividade do assessor de investimento (12 questões, 6 acertos no mínimo)

  • Âmbito e finalidade
  • Vínculos com intermediários (incluindo transição entre intermediários e novas contratações)
  • Registro e credenciamento
  • Regras de conduta (incluindo vedações e penalidades)
  • Obrigações e responsabilidades dos intermediários
  • Entidades credenciadoras

Lavagem de dinheiro – Lei nº 9.613/98; Circular Bacen 3.978/20; Resolução CVM  30/21 (4 questões, 2 acertos no mínimo)

  • Conceito de crime de lavagem de dinheiro ou ocultação de bens, direitos e valores
  • Responsabilidades
  • Ações preventivas (adequação dos produtos, serviços e operações ao perfil do cliente)
  • Cadastro de cliente: informações e atualizações cadastrais
  • PPE (pessoa politicamente exposta)
  • Acompanhamento das operações

Economia (2 questões, sem quantidade mínima de acertos)

  • Noções gerais
  • Índices e indicadores
  • Políticas monetária, fiscal, cambial e de rendas
  • Conceitos e objetivos

Sistema Financeiro Nacional (3 questões, sem quantidade mínima de acertos)

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

  • Composição e regulação governamental
    CMN (Conselho Monetário Nacional)
    Bacen (Banco Central do Brasil)
    Tesouro Nacional
    CVM
    Finalidade
    Competência
    Poder de política
    CNSP (Conselho Nacional de Seguros Privados)
    CNPC (Conselho Nacional de Previdência Complementar)
  • Entidades de apoio, de serviços e autorregulação
    B3
    BSM Supervisão de Mercados
  • SPB (Sistema de Pagamentos Brasileiro)
    Função, característica

Instituições e intermediadores financeiros (3 questões, sem quantidade mínima de acertos)

  • Instituições financeiras
  • Conceituação e classificação
    Bancos comerciais
    Bancos de investimento
    Bancos múltiplos com carteira de investimentos
    Bancos múltiplos sem carteira de investimentos
    Caixa Econômica Federal
    BNDES
    Cooperativas de crédito
    Crédito imobiliário
    Financeiras
    Corretoras de títulos e valores mobiliários
    Corretoras de mercadorias
    Corretoras de câmbio
    Distribuidoras de títulos e valores mobiliários
  • Assessores de investimento, empregados das instituições financeiras e demais autorizadas a funcionar pelo Bacen
  • Resolução CMN nº 2.838
  • Resolução CMN nº 4.984/22
  • Resolução CVM 178/23
  • Mercados regulamentados de valores mobiliários
    Mercados organizados de ações, derivativos, balcão
  • Bolsas internacionais

Administração de risco (4 questões, sem quantidade mínima de acertos)

  • Conceito e tipos de risco
    Mercado, crédito, liquidez e operacional
  • Diversificação de carteiras
    Teorias e princípios
    Risco sistemático e não sistemático
  • Conceito e características do VAR
  • Conceito e características do duration
  • Conceito e características de limite de oscilação
  • Conceito e características dos túneis de negociação
  • Atividades e modelo de liquidação e compensação da clearing

Mercado de capitais: produtos, modalidades operacionais, liquidação (20 questões, com mínimo de 10 acertos)

  • Mercado primário
    Ofertas públicas de ações e outros ativos
  • Mercado secundário
  • Principais ativos de emissão das companhias
    Ações, debêntures, commercial papers, bônus
  • Governança corporativa
    Segmentos especiais de listagem
  • Mercados à vista
    Índices bursáteis
  • Mercados a termo/futuro/de opções
  • Aspectos tributários
  • Mercado internacional: ADRs, GDRs, BDRs
  • Liquidação de operações no segmento listado B3
  • Clearing
    Custódia de títulos
  • Banco de títulos (BTC)
  • Regulamento operacional do segmento listado B3
    Ativos/produtos negociáveis
    Procedimentos e prazos de liquidação
    Ativos aceitos como garantia
    Inadimplências/falhas
    Margem de garantia
    Procedimentos e impactos dos proventos
    Horários de negociação (after market, call de abertura e fechamento)
    Tipos de ordens e de ofertas
    Book entry
    Leilões (definições, características, tipos, procedimentos e regras)

Fundos de investimento (4 questões, sem quantidade mínima de acertos)

  • Resolução CVM 175/22 e respectivas atualizações
  • Classes
    Curto prazo, referenciado, renda fixa, multimercado, ações, cambial, dívida externa e FICs (fundos de investimento em cotas)
  • Aspectos operacionais
    Taxas de administração, de performance, de ingresso e de saída
  • Políticas de investimentos
    Definição
    Gestão ativa e passiva
    Instrumentos de divulgação das políticas de investimento
  • Aspectos tributários

Fundos de investimento – Anexos normativos da Resolução CVM 175/23 (2 questões, sem quantidade mínima de acertos)

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

  • Índice com cotas negociadas em mercado secundário
  • Imobiliário
  • Investimento em participações
  • Investimento em direitos creditórios

Securitização de recebíveis (1 questão, sem quantidade mínima de acertos)

Clubes de investimento (2 questões, sem quantidade mínima de acertos)

  • Definição e regulamentos
    Resolução CVM 11/20 e Resolução CVM 12/20
  • Aspectos operacionais
  • Gestão
  • Aspectos tributários

Matemática financeira – conceitos básicos (4 questões, sem quantidade mínima de acertos)

  • Regime de capitalização
    Simples/composto
  • Equivalência de taxas
  • Definição de taxas de desconto
    Comercial, bancário
  • Taxa over
    Definição, características
  • Fluxo de caixa
    Definição, tipo, características, aplicações
  • Valor presente líquido (VPL)
    Definição, cálculo
  • Taxa interna de retorno (TIR)
    Definição, cálculo
  • Valor de recompra

Mercado financeiro: outros produtos não classificados como valores mobiliários, modalidades operacionais, liquidação (7 questões, sem quantidade mínima de acertos)

  • Títulos de renda fixa
    Títulos públicos federais, estaduais e municipais
      – Tesouro IPCA (NTN – B Principal)
      – Tesouro prefixado (LTN)
      – Tesouro Selic (LFT)
    Liquidação de títulos públicos na B3
    Títulos privados
      – CDB (certificado de depósito bancário)
       – RDB (recibo do depósito bancário)
       – LC (letra de câmbio)
       – CDI (certificado de depósito interfinanceiro)
       – LCI (letra de crédito imobiliário)
       – LH (letra hipotecária)
       – LF (letra financeira)
  • Câmbio
    Liquidação de câmbio
    Aspectos tributários

Mercados derivativos: produtos, modalidades operacionais, liquidação (12 questões, com acerto de no mínimo 6 questões)

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

  • Conceituação dos derivativos
    Mecânica operacional dos mercados futuros, a termo, de opções e de swaps
    Regulamento operacional do segmento BM&F (conceitos)
    o Horário de negociação (after hours), calls de abertura e fechamento
    o Tipos de ordens e de ofertas
    o Contratos negociados e posições em aberto
    o Principais especificações dos contratos
    o Ajuste diário e margem de garantia
    ·    Formação dos preços futuros
    ·    Liquidação das operações com derivativos
    ·    Derivativos agropecuários
    ·    Indicadores agropecuários
    ·    Operações ex-pit
    ·    Repasse de negócios
    ·    Derivativos financeiros
    o Mercado futuro de taxa de juros
    o Mercado futuro de câmbio
    o Mercado futuro de índices
    ·    Aspectos tributários

No regulamento do exame estão os links e recomendações de conteúdos para estudo do candidato, separados por módulo.

Leia mais:

  • Assessor, consultor e analista de investimentos: o que fazem e quais as diferenças?

Quais os requisitos mínimos para fazer a prova?

  • Não ter antecedentes criminais e encontrar-se no pleno exercício de seus direitos civis;
  • Ter concluído o ensino médio ou equivalente em instituição reconhecida oficialmente;
  • Conhecer, atender e estar de acordo com as exigências contidas no regulamento da prova;
  • Realizar o correto preenchimento do formulário de inscrição, comprometendo-se com a veracidade das informações. Inexatidão de declarações, irregularidade de documentos ou outros problemas identificados no decorrer do processo ou posteriormente eliminarão o candidato.

Como realizar o agendamento?

Na fase do agendamento pela internet, o candidato deverá escolher o local, a data e o horário para a realização da prova, usando o login e a senha recebidos por e-mail logo após a conclusão da inscrição.

É importante lembrar que o agendamento somente estará liberado após a identificação do seu pagamento pela Ancord. Quando isso acontecer, o sistema enviará um e-mail notificando o candidato que deverá, então, escolher o local onde deseja realizar a prova, além da data e do horário.

Os agendamentos precisam ser realizados com ao menos 7 dias de antecedência. O candidato poderá cancelar o agendamento solicitado por até duas vezes sem nenhum custo.

Recomendações aos candidatos:

  • Um dia antes da data do exame, faça o login no sistema de certificação Ancord/FGV e confirme o endereço onde será realizado o exame através do menu “Agendamento”.
  • Confirme o horário e data de realização do exame.
  • Apresente-se no local de prova com 30 minutos de antecedência. O candidato que se apresentar com atraso não poderá realizar o exame e será considerado ausente.
  • Leve documento original oficial com foto atualizada e CPF.
  • Não se esqueça da senha de acesso ao sistema de agendamento, que será utilizada para abrir a prova. O candidato que não souber a senha e que não levar o documento original oficial com foto e CPF não poderá realizar a prova.
  • Leve também uma calculadora financeira não-alfanumérica. Não é necessário levar caneta, lápis ou borracha. O candidato receberá folha de rascunho e lápis, caso seja necessário. Ao terminar o exame, as folhas de rascunho, utilizadas ou não, deverão ser devolvidas ao fiscal, assim como todo o material fornecido.
  • Todos seus pertences, inclusive telefone celular, deverão ficar guardados durante a realização da prova e não estarão acessíveis até o final do teste.
  • Durante a realização da prova, não será permitida nenhuma espécie de consulta, empréstimo de material ou uso de qualquer tipo de equipamento eletrônico de comunicação (agendas eletrônicas, relógios digitais, telefones celulares, pagers, walkman, receptor, gravador, laptop e outros equipamentos similares), bem como protetores auriculares.
  • O candidato também não poderá se ausentar da sala de prova sem o acompanhamento de um fiscal.

É possível apresentar recurso contra alguma questão da prova?

Será admitido recurso quanto à formulação das questões da prova e suas opções. Os recursos deverão ser interpostos no mesmo dia e local de aplicação do exame, através do próprio sistema de aplicação da prova conforme orientação do fiscal.

Qual é o prazo de validade da habilitação?

O prazo de validade do exame técnico de certificação para obtenção do credenciamento junto à Ancord e consequente registro perante à CVM para o exercício da atividade é de 1 ano, contado a partir da data de divulgação do resultado do exame.

Conhecimento Carreira Advisor Ancord Assessor de investimentos Assessoria de investimentos Carreira certificação Mercado Financeiro prova

você pode gostar

SAIBA QUEM SOMOS

Somos um dos maiores portais de noticias de toda nossa região, estamos focados em levar as melhores noticias até você, para que fique sempre atualizado com os acontecimentos do momento.

CATEGORIA NOTICIAS

NOTICIAS RECENTES

AS MAIS VISTAS

Noticias Todo Tempo © Todos direitos reservados

Título do Título