“Novos nazistas”: 54% dos judeus veem comparação entre Holocausto e ‘7 de outubro’ – NotíciaTop
segunda-feira,22 julho , 2024
Home Mundo “Novos nazistas”: 54% dos judeus veem comparação entre Holocausto e ‘7 de outubro’

“Novos nazistas”: 54% dos judeus veem comparação entre Holocausto e ‘7 de outubro’

por REDAÇÃO
0 Comente
“novos-nazistas”:-54%-dos-judeus-veem-comparacao-entre-holocausto-e-‘7-de-outubro’

Mais da metade dos judeus israelitas enchergam uma comparação entre o Holocausto e o “7 de Outubro”, segundo uma pesquisa recente feita em Israel.

O estudo do Israel Democracy Institute, realizado com 600 entrevistados judeus, revelou que 54% acreditam que os dois eventos poderiam ser comparados, enquanto 39% disseram que não concordavam com a comparação e 8% não tinham certeza.

A pesquisa foi publicada na segunda-feira (6), quando Israel marcava o Dia da Memória do Holocausto, conforme o The Times of Israel.

A comparação entre o extermínio de judeus pelo regime nazista e o ataque do grupo terrorista Hamas se tornou comum entre os líderes israelitas desde o 7 de Outubro. O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, chegou a descrever o Hamas como os “novos nazistas”.

“Nunca mais é agora”

As famílias dos reféns do grupo islâmico também passaram a fazer a comparação. No sábado (4), em Tel Aviv, aconteceu uma manifestação de familiares com o lema “Nunca mais é agora”, em referência ao Holocausto.

“Antes do Yom Hashoah (Dia da Memória do Holocausto) deste ano, o debate que começou há mais de seis meses se intensificou, sobre a relevância das comparações entre os eventos de 7 de outubro e os eventos do Holocausto”, comentou Tamar Hermann, diretor do Centro Viterbi de Opinião Pública e Pesquisa de Políticas do IDI.

E acrescentou: “O fato de entre os entrevistados judeus, uma maioria sentir que existe uma base para tal comparação, sugere que apesar da diferença óbvia entre as circunstâncias em ambos os períodos, e apesar de Israel ser um país soberano e militarmente forte, o sentimento de ameaça existencial é um elo muito forte entre antes e agora, especialmente contra o pano de fundo do ódio anti-semita e anti-israelense em todo o mundo hoje”,

Durante discurso na cerimônia oficial do Dia da Memória do Holocausto, no domingo (5), Netanyahu declarou que após 80 anos do fim do holocausto, Israel volta a enfrentar um inimigo “implacável e brutal” que quer sua destruição.

O primeiro-ministro afirmou que o ataque recente “não foi um Holocausto, não devido à ausência de intenção de nos aniquilar, mas por falta de habilidade”.

“Os assassinos do Hamas são guiados exatamente pelo mesmo objetivo”, embora, ao contrário do que aconteceu durante o Holocausto, hoje Israel “tenha uma força que pode defendê-lo”, observou Netanyahu.

Em outra declaração, ele ponderou: “A escala da carnificina no Holocausto é inimaginável. É igual a 5 mil ‘7 de outubro’”.

você pode gostar

SAIBA QUEM SOMOS

Somos um dos maiores portais de noticias de toda nossa região, estamos focados em levar as melhores noticias até você, para que fique sempre atualizado com os acontecimentos do momento.

CATEGORIA NOTICIAS

NOTICIAS RECENTES

AS MAIS VISTAS

Noticias Todo Tempo © Todos direitos reservados

Título do Título