quinta-feira,11 julho , 2024
Home Policia Indígenas recebem o Espírito Santo e são curados no Pará: “Jesus estava presente”

Indígenas recebem o Espírito Santo e são curados no Pará: “Jesus estava presente”

por REDAÇÃO
0 Comente
indigenas-recebem-o-espirito-santo-e-sao-curados-no-para:-“jesus-estava-presente”

No último domingo (30), o pastor Gabriel Cantarino compartilhou um vídeo onde indígenas da região do Pará receberam o Espírito Santo e foram curados.

O pastor da Igreja One, ministrou o Evangelho para o povo Cayapó, em Redenção (PA) e testemunhou em seu perfil no Instagram a manifestação da presença de Deus na aldeia.

“Hoje eu tive o privilégio e a honra de pregar para essa aldeia indígena. Foi um momento muito simples de exposição do Evangelho pregando sobre o desejo de Deus de fazer seu Espírito habitar em nós”, contou Gabriel. 

Na ocasião, o pastor encorajou os indígenas a refletirem sobre como suas vidas seriam se permitissem receber o Espírito Santo:

“O que seria diferente nessa aldeia se Deus decidisse morar entre vocês?” — perguntei para eles. A resposta foi que todos decidiram orar pedindo pela habitação do Espírito Santo neles”.

No vídeo, é possível ver os indígenas clamando: “Pai, em nome de Jesus, nos dê o Espírito Santo. Oramos para que o Senhor nos liberte, nos cure e faça de nós a sua casa para sempre. Perdoa os nossos pecados, nos batiza com fogo e poder de Deus. Amém”.

Curas

Logo depois, Gabriel aproveitou a oportunidade para orar pelos enfermos: “Chamei todos os enfermos e um a um eles foram sendo todos curados pelo poder de Jesus”. 

Durante a oração, indígenas foram curados de dores e um homem que tinha a perna maior que a outra foi restaurado instantaneamente. 

“A graça de Jesus estava presente de uma maneira muito leve e singular, fazendo com que tudo fluísse com naturalidade e beleza. A glória continua sendo de Jesus”, declarou o pastor.

Após as manifestações de cura, ele orou pedindo a Deus que derramasse o dom de cura sobre a vida das crianças.

Evangelizando os indígenas

Gabriel contou que em 2016, foi adotado por uma família indígena, os Krikatis, os Gaviões do Maranhão, língua pertencente ao tronco macro-jê. 

Desde então, é assim que ele se apresenta para aldeias indígenas, para que eles se sintam como um povo.

“Esse nome, Rõnthe’hu, pertenceu a um antigo cacique da aldeia e foi a sua esposa que me deu. Quando eu recebi esse nome o Espírito me disse naquele dia: ‘Hoje eu te dou autoridade para entrar e sair no meio deles’”.

A ação evangelística chamada “Teshuvá” — o despertar para os Povos Indígenas — ocorreu no último final de semana em parceria com o Centro de Avivamento Ministerial e a Missão Família Castro, uma família missionária indígena.

“Obrigado pelo privilégio de poder cooperar com a missão de Jesus que o Espírito tem realizado através de vocês. Oro para que o Senhor vos capacite na pregação do Evangelho verdadeiro com poder e que o fruto disso sejam Igrejas plantadas no meio dos povos indígenas”, conclui o pastor.

você pode gostar

SAIBA QUEM SOMOS

Somos um dos maiores portais de noticias de toda nossa região, estamos focados em levar as melhores noticias até você, para que fique sempre atualizado com os acontecimentos do momento.

CATEGORIA NOTICIAS

NOTICIAS RECENTES

AS MAIS VISTAS

Noticias Todo Tempo © Todos direitos reservados

Título do Título