Eritreia: Mais de 200 cristãos foram presos, incluindo crianças – NotíciaTop
segunda-feira,22 julho , 2024
Home Policia Eritreia: Mais de 200 cristãos foram presos, incluindo crianças

Eritreia: Mais de 200 cristãos foram presos, incluindo crianças

por REDAÇÃO
0 Comente
eritreia:-mais-de-200-cristaos-foram-presos,-incluindo-criancas

A Eritreia intensificou sua campanha contra os cristãos, prendendo 218 pessoas nos últimos 12 meses, incluindo algumas com seus filhos.

Essa recente onda de repressão elevou o número total de cristãos presos no país para aproximadamente 400. Eles estão detidos por tempo indeterminado, sem julgamento ou acusação formal, simplesmente por causa de sua fé.

Segundo a Release International (RI), organização sediada no Reino Unido que apoia a igreja perseguida globalmente, 110 cristãos foram capturados entre janeiro e maio.

“A maioria foi retirada de suas casas — alguns às 3 da manhã”, diz o parceiro do RI, Dr. Berhane Asmelash, que anteriormente também foi preso por sua fé.

“Na última onda de prisões, algumas crianças foram detidas junto com seus pais, e em alguns casos, a família inteira está na prisão.”

“Estamos muito preocupados com o bem-estar físico e mental das crianças, algumas das quais têm apenas dois anos de idade. Isso é totalmente inaceitável, e condenamos fortemente este ato desumano do governo eritreu.”

Segundo o Dr. Berhane, a maioria dos detidos está confinada na prisão de Mai Serewa, enquanto outros foram distribuídos para diversas prisões em todo o país.

Regime ditatorial

A Eritreia, localizada no Chifre da África, é um estado de partido único liderado por Isaias Afwerki, que chegou ao poder em 1993. Ele cancelou as eleições prometidas para 1997 e suspendeu o projeto de constituição democrática do país.

Em 2002, o regime proibiu a maioria das denominações cristãs. Desde então, tem perseguido cristãos, aprisionando-os indefinidamente sem julgamento.

Seu governo reconhece apenas quatro religiões estatais: a Igreja Ortodoxa Eritreia Tewahedo, o Islã Sunita, a Igreja Católica e a Igreja Evangélica Luterana da Eritreia, mas mesmo com estas, o governo mantém um controle rígido sobre suas atividades, suas finanças e pregação.

“Falar sobre perseguição ou interferência governamental em assuntos da Igreja não é tolerado de forma alguma”, afirma a Portas Abertas.

Alguns estão encarcerados há mais de 20 anos. Muitos foram mantidos em contêineres de aço sob o calor intenso do deserto, onde sofreram torturas. Vários prisioneiros morreram devido a abusos e doenças não tratadas.

Alguns prisioneiros foram forçados a renunciar à sua fé para serem libertados. A Eritreia é frequentemente descrita como “a Coreia do Norte da África”.

você pode gostar

SAIBA QUEM SOMOS

Somos um dos maiores portais de noticias de toda nossa região, estamos focados em levar as melhores noticias até você, para que fique sempre atualizado com os acontecimentos do momento.

CATEGORIA NOTICIAS

NOTICIAS RECENTES

AS MAIS VISTAS

Noticias Todo Tempo © Todos direitos reservados

Título do Título