quarta-feira,10 julho , 2024
Home Saúde Como usar protetor solar corretamente? Dermatologista dá 6 dicas | CNN Brasil

Como usar protetor solar corretamente? Dermatologista dá 6 dicas | CNN Brasil

por gabrielamaraccini
0 Comente
como-usar-protetor-solar-corretamente?-dermatologista-da-6-dicas-|-cnn-brasil

Usar o protetor solar diariamente é uma das recomendações da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) para os cuidados com a pele. O hábito é essencial para prevenir o envelhecimento precoce da pele, reduzir o aparecimento de rugas e manchas, além de prevenir o câncer de pele. Porém, para garantir os benefícios da proteção solar, é preciso saber como aplicar o filtro corretamente.

O primeiro ponto crucial para a aplicação correta do protetor solar é escolher o produto com o fator de proteção solar (FPS) ideal para sua pele. A SBD recomenda o uso de filtros com FPS a partir de 30, no mínimo. “Geralmente, pessoas de pele mais clara usam FPS mais alto, enquanto pessoas com pele mais escura, um que seja mais baixo. Isso é importante independentemente da época do ano”, afirma Mariana Penha, membro da SBD e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica.

A seguir, com a ajuda da especialista, a CNN lista as principais dicas para aplicar o protetor solar adequadamente e garantir proteção contra os raios ultravioletas no dia a dia. Confira:

1. Mantenha o uso de protetor solar no inverno e dias nublados

Nos dias frios e nublados, a sensação que temos é que o Sol não queima, mas esse é um equívoco comum. Segundo Penha, a incidência de radiação ultravioleta continua a mesma no inverno e em dias nublados, já que os raios solares são capazes de atravessar as nuvens. Por isso, os cuidados com a proteção da pele devem ser mantidos nessas situações.

“Precisamos usar protetor solar em todos os dias do ano, não importa a temperatura. Não importa se está chovendo ou se está nublado. A radiação ultravioleta vai existir tanto no inverno, quanto no verão”, afirma.

2. Atente-se à quantidade utilizada

Para garantir uma boa proteção solar, é preciso passar a quantidade de protetor adequada para a região exposta. No rosto, por exemplo, o ideal é aplicar a quantidade equivalente a uma colher de chá de protetor. “Essa ‘regra’ não é tão prática, então, uma dica é usar a ‘regra’ dos três dedos: colocar um pouco do protetor no dedo indicador, no do meio e no anelar. Essa é uma quantidade suficiente para todo o rosto”, afirma Penha.

No caso de pessoas que utilizam protetor com cor, a dica da dermatologista é utilizar a proporção de um dedo com protetor neutro e dois dedos com protetor com cor.

Já para o corpo, a SBD recomenda passar a quantidade de três colheres de sopa, de maneira uniforme, de modo a não deixar nenhuma área desprotegida.

3. Proteja todas as áreas não cobertas por roupas

Quando uma pessoa vai à praia ou passa o dia na piscina, é comum (e importante) aplicar o protetor solar em todo o corpo. No entanto, no dia a dia, esse cuidado deve permanecer em toda a área exposta ao sol. “A roupa oferece uma proteção mecânica. Então, se você está usando uma camiseta de manga longa e calças, pode aplicar o protetor só no rosto e nas mãos, por exemplo”, orienta Penha.

No entanto, nos dias de calor, ao utilizar roupas mais curtas, como bermudas, shorts, saias ou vestidos, é essencial proteger as outras áreas do corpo que estarão expostas, segundo a dermatologista.

4. Reaplique o protetor a cada duas ou três horas

A recomendação da SBD é reaplicar o protetor solar a cada duas horas ao longo do dia, se houver muita transpiração ou exposição solar prolongada. No dia a dia, quem trabalha em escritórios ou passa o dia em locais fechados, a orientação da dermatologista Penha é fazer a aplicação, pelo menos, em dois momentos: uma de manhã, antes de sair de casa, e outra na hora do almoço, principalmente se for comer fora.

“O recomendado é aplicar a cada duas ou três horas, mas esse ideal é muito difícil de ser seguido”, comenta. “Eu acho que, no mundo real, as pessoas conseguem aderir com mais facilidade à aplicação do protetor solar de manhã e à tarde. Reaplicar o produto pelo menos duas vezes no dia é o suficiente”, acrescenta.

No caso de pessoas que possuem doenças de pele, como o melasma, por exemplo, é fundamental seguir a recomendação de reaplicar o filtro solar a cada duas ou três horas, pelo menos. “Pessoas que têm manchas na pele ou alguma doença desencadeada pelo sol devem seguir mais à risca a recomendação”, enfatiza Penha.

5. Aplique o protetor com 15 minutos de antecedência, se for protetor químico

Existem dois tipos de protetor solar: o físico e o químico. O primeiro tipo é feito à base de dióxido de titânio e óxido de zinco e se deposita na camada mais superficial da pele, refletindo as radiações incidentes. “Esse tipo de protetor foram uma barreira mecânica, então a radiação solar bate e volta. Nesse caso, o protetor pode ser aplicado imediatamente antes da exposição solar”, explica.

Já os protetores químicos funcionam como uma espécie de “esponja” que absorve os raios ultravioleta e os transforma em calor. “Nesse tipo, a radiação é absorvida e transformada para não danificar a pele”, esclarece Penha. Nesse caso, o ideal é aplicar o protetor solar com 15 minutos de antecedência à exposição solar.

6. Na rotina de cuidados com a pele, aplique o protetor por último

Para cuidar da pele, é essencial seguir uma rotina básica que inclui a higienização, hidratação e a proteção solar. “Na rotina de skincare, essa é a ordem correta sempre: primeiro lavar o rosto, depois hidratá-lo e, por último, passar o protetor solar, sempre com produtos indicados para seu tipo de pele”, afirma Penha.

De acordo com a SBD, para peles oleosas a mistas, o ideal é usar sabonetes à base de ingredientes adstringentes, que favorecem a remoção das impurezas e a desobstrução dos poros. Já no caso das peles secas e normais, vale apostar em sabonetes líquidos com pH neutro.

A hidratação deve ser mantida mesmo por pessoas com pele oleosa, para auxiliar na manutenção do viço da pele, além de evitar ressecamento, envelhecimento precoce, irritação e infecções, segundo a SBD. Além da aplicação de cremes hidratantes, algumas medidas como manter uma dieta rica em frutas e verduras, evitar esfoliações excessivas na pele e o uso excessivo de sabonetes, buchas, banhos muito quentes e prolongados, principalmente no inverno.

Foto revela efeitos na pele após 28 anos de exposição ao sol

você pode gostar

SAIBA QUEM SOMOS

Somos um dos maiores portais de noticias de toda nossa região, estamos focados em levar as melhores noticias até você, para que fique sempre atualizado com os acontecimentos do momento.

CATEGORIA NOTICIAS

NOTICIAS RECENTES

AS MAIS VISTAS

Noticias Todo Tempo © Todos direitos reservados

Título do Título