terça-feira,9 julho , 2024
Home Policia Após conversão, cristã é assassinada por parentes hindus na Índia

Após conversão, cristã é assassinada por parentes hindus na Índia

por REDAÇÃO
0 Comente
apos-conversao,-crista-e-assassinada-por-parentes-hindus-na-india

Uma cristã na região sul do estado Chhattisgarh, na Índia, foi esfaqueada até a morte por parentes hindus após ser confrontada por sua fé em Jesus, na última segunda-feira (24).

De acordo com o International Christian Concern (ICC), o incidente chocou toda a comunidade cristã de Chhattisgarh. 

Parentes da falecida, Bindu Sori, fizeram uma queixa ao chefe da polícia local informando que a família tinha sido assediada e ameaçada por outros familiares desde que se tornaram cristãos, há quatro anos. 

A queixa também alega que, apesar das reclamações anteriores da família de Sori, as autoridades locais não tomaram nenhuma medida contra os agressores. 

Recentemente, os parentes extremistas e outros aldeões começaram uma briga com a família de Sori por causa de sua propriedade. Eles alegaram que os cristãos não tinham direitos sobre a terra depois que decidiram seguir Jesus. 

Na ocasião, os extremistas ameaçaram a família dizendo que haveria “consequências terríveis” se eles trabalhassem no campo. 

O ataque

Tempo depois, a família de Sori saiu para arar e semear no campo. Enfurecidos, os hindus os atacaram com flechas e machados. 

Alguns familiares conseguiram escapar, mas Sori não conseguiu. Dois homens a atacaram e a mataram. 

De acordo com o ICC, um dia antes do ataque, o Fórum Cristão de Chhattisgarh emitiu um comunicado à imprensa afirmando que havia apelado ao governador do estado para intervir na violência contra minorias religiosas. 

Arun Pannalal, presidente do fórum, declarou que as autoridades estão ajudando extremistas religiosos que estão fechando igrejas em Chhattisgarh de forma inconstitucional. 

Pannalal também mencionou no comunicado à imprensa que fazendeiros cristãos não estão sendo autorizados a cultivar suas terras. 

“No distrito de Dhamtari, ocorreram 27 ataques contra mulheres e locais religiosos nas últimas duas semanas”, relatou Pannalal. 

Quase 2.000 cartas de reclamação foram apresentadas e nenhuma ação foi tomada. Além disso, a polícia fechou 37 igrejas no distrito de Dhamtari. 

A Índia ficou em 11º lugar na Lista Mundial da Perseguição da Missão Portas Abertas de 2024 dos lugares mais difíceis para ser cristão.

você pode gostar

SAIBA QUEM SOMOS

Somos um dos maiores portais de noticias de toda nossa região, estamos focados em levar as melhores noticias até você, para que fique sempre atualizado com os acontecimentos do momento.

CATEGORIA NOTICIAS

NOTICIAS RECENTES

AS MAIS VISTAS

Noticias Todo Tempo © Todos direitos reservados

Título do Título